O VESTIDO DA UNIBAN

5 11 2009

por Zé Claudio Pimentel

Acompanhamos, constantemente, diversos escândalos que surgem dentro de instituições acadêmicas sérias e respeitadas, envolvendo alunos, professores e funcionários,. Há alguns dias, nos deparamos com o caso da estudante de turismo da UNIBAN, de São Paulo, que, em momento um tanto descontraído, foi para a faculdade com um vestido considerado curto e fora dos padrões, pasmem, pelos seus próprios colegas.

Muito se debateu a respeito nesses últimos dias. A mídia, em particular, tratou o caso de uma forma peculizar. A vítima foi a garota e os culpados, acabaram sendo os alunos. Será que, de fato, isso realmente coincide com a verdade? Pois bem, eu tenho minhas dúvidas.

Pelas imagens apresentadas e com relativo bom senso, a aluna parecia estar muito a vontade. No entanto, não vestia nada além do que as garotas de hoje em dia vestem. Então, qual foi o motivo de tanto alvoroço?

UNIBAN

Infelizmente, informações desencontradas de bastidores nos levam a crer que ela enfrentou uma professora, em uma abominável discussão sobre o modo de se vestir. A confusão estava feita. A massa, sob situações como esta, não pensa e nem raciocina. Apenas segue o fluxo.

E agora eu te pergunto, e a Universidade? Cadê? O que disse a respeito?! “Vamos apurar o caso”, informou o assessor. Esquisito isso, não? Se não existisse algo por trás, ela certamente se pronunciaria defendendo a sua imagem e tratando esse caso, como uma situação isolada que teve decorrência externa.

Abomino esse tipo de atitude. Abomino esse tipo de notícia. Condeno o papel da mídia que só se deu o trabalho de ver um lado. Abomino a atitude daqueles alunos que, nas imagens daquele vão central, pareciam realizar uma enorme rebelião.

Barbárie ou Brasil? O que foi aquilo?

Anúncios

Ações

Information

2 responses

9 11 2009
Carla

ABOMINO, ABOMINO! ahahahaha
ótimo texto, zeeeca.

10 11 2009
JOSÉ PÉREZ

Caro Zé Cláudio,
Ao ler este seu artigo, hoje dia 10/09/2009, após ter a UNIBAN revogado a expusão da aluna “problema”, segundo eles, sem querer entrar no mérito da questão, tenho a considerar o seguinte:
Em relação às escolhas que qualquer um dos meu quatro filhos manifestaram até hoje, quanto às entidades de ensino e a carreira que pretendem abraçar, jamais interferi, procurando na medida do possível atender e viabilizar os anseios de cada um deles. Entretanto, a partir de hoje, diante do ocorrido, ficam esses meus filhos devidamente informados, que sob minha dependência NÃO INGRESSARÃO NA UNIBAN PARA CURSAR O QUE QUER QUE SEJA!
Esse é o comentário que desejava fazer, e a minha manifesta resposta aos mantenedores, administradores e docentes daquela dita instituição, restando lamentar pelos alunos que lá frequentam, sobretudo aqueles que não participaram desse vergonhoso episódio, acreditando que esses ainda não foram contaminados pela intolerância absurda e ABOMINAVEL como você bem disse!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: